quarta-feira, 8 de maio de 2013

Diná vive fase adulta amargurando traumas da juventude

Samara Felippo entra na trama para contar história de amor e dor entre Diná e Gibar



Dizem que o tempo é senhor de todos os males. Pois nem ele consegue curar o trauma que Diná sofreu na juventude, quando foi estuprada por Siquém (Paulo Nigro). A única filha de Jacó (Celso Frateschi) vai crescer com o peso do terrível ato e viver angustiada por muitos anos.

Quem contou para o R7 os próximos acontecimentos da vida da personagem foi Samara Felippo, que entra na história para representar a moça na fase adulta (Marcela Barrozo foi responsável pela juventude).

Segundo a atriz, o ocorrido com Siquém vai fazer com que Diná crie um escudo que impede a aproximação de qualquer homem. Só que Jacó tem planos para a filha. Ele quer que ela se case com Gibar (Caetano O’Maihlan), um bom moço que está disposto a conquistar o coração de Diná.

— Diná nunca conseguiu se recuperar do trauma que teve com Siquém. Ela passa a vida inteira se martirizando por isso. Ela tentou se matar, perdeu a fé em Deus e todo amor pela vida. E quando o pai propõe o casamento com Gibar, ela é contra porque não quer amar ninguém. Diná não quer se abrir de jeito nenhum.



Por respeito ao pai, o casamento acontece. Mas Gibar terá de ter muita paciência para conseguir entrar no coração da filha de Lia (Denise Del Vecchio).

— É difícil. Gibar tenta de todas as formas, por dois anos, se aproximar de Diná, mas ela não cede. Quando ele toca nela, ela já se lembra de Siquém e trava. É totalmente traumatizada. Ele fica lá, batalhando por seu amor, até que ele se enfurece, não aguenta mais e vai embora. Depois disso é a vida como ela é. Quando a gente acha que perdeu é que a gente corre atrás, né?

Denise também comentou a posição dura da filha. Para ela, a amargura e tristeza das duas podem ser semelhantes.

— É meio um espelho mãe e filha, a continuação da tragédia familiar. O que aconteceu com a Diná é muito triste. Primeiro, o estupro, depois o assassinato do marido, o massacre da cidade... Ela se sente responsável por isso também, apesar de ser totalmente inocente.

Samara destacou que é na inocência que a lamentação de mãe e filha se difere.

— A Lia foi invejosa, teve um processo tortuoso. A Diná realmente sofreu um trauma. Ela é pura, é boa.


Fotos da Samara Felippo como Diná em José do Egito







segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

O Profeta no Vale a Pena Ver de Novo


Novela volta à telinha no Vale a Pena Ver de Novo


Vale a Pena Ver de Novo traz de volta a emocionante história de Marcos (Thiago Fragoso), O Profeta. Com direção de núcleo de Roberto Talma e geral de Mario Marcio Bandarra, a novela é uma adaptação da obra homônima de Ivani Ribeiro – exibida de 1977 a 1978 na TV Tupi – que aborda o tema da premonição. Exibida na Rede Globo originalmente em 2006 no horário das 18h, O Profeta marcou a estreia da dupla Duca Rachid e Thelma Guedes como autoras de novelas, sob a supervisão de Walcyr Carrasco.


Samara deu vida a Wandinha, filha do primeiro casamento de Alceu (Nuno Leal Maia), que vivia às turras com a madrasta Mírian (Juliana Baroni). Apesar de muito próxima a Baby (Juliana Didone), fez de tudo pra conquistar Tony (Daniel Ávila), namorado da amiga.

Confira as fotos de Samara como Wandinha








sábado, 23 de fevereiro de 2013

Grávida, Samara Felippo corre para finalizar cenas de Diná


Atriz está caminhando para o sexto mês de gestação e tenta disfarçar a barriga com figurino


 figurino de José do Egito precisa dar uma atenção especial para Samara Felippo. A atriz, que na trama vive Diná na fase adulta, está caminhando para o sexto mês da segunda gestação e precisa correr contra o tempo para finalizar todas as cenas da personagem.
— A produção até veio falar comigo que vai dar uma puxada nas gravações. Daqui a pouco não dá mais para disfarçar, né [risos].
R7 acompanhou uma gravação da atriz e viu os cuidados que ela toma para se equilibrar entre as emoções de Diná e os cuidados com a gravidez.
Como várias tomadas são feitas em locais abertos e com muito sol, a produção tem o cuidado de levar sempre sombra e água para Samara dar uma pausa.
— Eu estou bem, graças a Deus. Está tudo certo, mas estou ficando cansada já. Bem cansada. Já estou indo para o sexto mês!
Para esconder a barriguinha em cena – fora a barriga, a atriz quase não engordou –, as veste largas e lenços das hebreias da época são grandes aliadas. Além disso, o cinto de couro normalmente usado para marcar a cintura é colocado mais baixo, no meio da barriga.
Na história, quando já for adulta e casada com Gibar (Caetano O’Maihlan), Diná ficará grávida. Coincidência da vida ou não, Samara gravou as cenas com barrigão cenográfico antes mesmo de engravidar na vida real. Foi uma espécie de treino.
— Eu ainda não estava grávida naquela época. Ela vai engravidar quando consegue finalmente se entregar para Gibar.
Por enquanto, o bebê, que é uma menina, ainda não tem nome. Mas já dá para ver que é bem cuidado pela mamãe famosa.



sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

Casamento de Diná em José do Egito


Fotos dos bastidores de “José do Egito”

Reportagem do iG Gente acompanhou a gravação da série, que em menos de um mês, já alavancou a audiência do horário na Record


iG Gente acompanhou a gravação da série 'José do Egito'

Samara Felippo, grávida de cinco meses, interpreta Diná, única irmã de José

Samara é pararicada pela equipe: 'Eles estão tendo muito cuidado comigo. Sempre fico na sombrinha, me levam uma frutinha, me dão água, botam água no pulso para não baixar a pressão'

Detalhe do figurino de Samara Felippo

Gravações de cenas do casamento dos personagens de Diná (Samara Felippo) e Gibar (Caetano O’Maihlan)

A reportagem do iG Gente acompanhou gravações de cenas do 19º capítulo da trama, no acampamento de Jacó, onde acontecia a celebração do casamento dos personagens de Diná (Samara Felippo) e Gibar (Caetano O’Maihlan). Na cena, dirigida por Hamsa Wood, estavam presentes mais de 100 pessoas – entre elenco, equipe e 77 figurantes. O desafio era otimizar o tempo já que a temperatura atingia mais de 40ºC com sensação térmica de 50ºC na locação.

“Tento preservar ao máximo o elenco, fazendo pausas para eles se hidratarem, evitar ao máximo que eles fiquem no sol e criar uma logística de produção que permitam fazer a cena uma vez só”, diz Hamsa, acrescentando: “Em uma gravação na cidade cenográfica de Avaris, com 600 pessoas, 45 passaram mal. Em janeiro, sofremos com as chuvas excessivas que destruíram cenários e impediram gravações. Agora, é o calor excessivo. Estamos correndo contra o tempo”.


Grávida no set

Interpretando Diná, única irmã de José, Samara Felippo faz a sua estreia na dramaturgia da Record. Grávida de cinco meses, a atriz conta que está recebendo todo o apoio da equipe e está sendo bastante paparicada. “Eles estão tendo muito cuidado comigo. Sempre fico na sombrinha, me levam uma frutinha, me dão água, botam água no pulso para não baixar a pressão. A Andréa Avancini virou quase uma mãe”, diverte-se ela, que no dia desta reportagem sofreu um pouco com enjoos.
Como sua personagem não está grávida, alguns truques estão sendo utilizados. “O figurino ajuda, pois como tem muito pano e minha barriga ainda está pequena, disfarça. Além disso, colocamos o cinto um pouco mais em cima, para dar fluidez”, diz ela, acrescentando: “Mas daqui a pouco não vai ter mais truque para disfarçar. Vamos correr com as minhas cenas, para tentar acabar o mais rápido possível”.



quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

Grávida, Samara Felippo estreia na Record com personagem dramática em José do Egito

O elenco da Record ganhou um reforço de peso em 2012. Samara Felippo assinou contrato com a emissora e já chega com um trabalho significativo para sua carreira. Em José do Egito, minissérie bíblica que estreia dia 30 de janeiro, a atriz será a sonhadora e sofredora Diná, irmã de José.

Quando o R7 perguntou para a atriz o que representa carregar a responsabilidade de dar vida para a jovem na produção, Samara tinha a resposta na ponta da língua: novidade. Além de ter mudado de emissora, a atriz está, atualmente, grávida de cinco meses da segunda menina. Nada como comemorar o momento com um grande sucesso na TV.


— É um papel que me fez realmente ter vontade de trabalhar. Neste momento, ainda mais grávida, eu estou muito quieta, muito em casa. A Diná representou uma coisa instigante. Desde que eu li roteiro, eu já pensei que seria difícil fazer e, ao mesmo tempo, muito instigante. Quando eu vi a trama dramática dela, aceitei na hora. É um prato cheio para um ator.

Na história, Diná é a única filha mulher de Jacó (Celso Frateschi) e logo no primeiro capítulo vê seu mundo desabar quando é estuprada por Siquém (Paulo Nigro).

 — Ela é uma personagem muito densa, muito complicada, dramaturgicamente falando. Diná é muito especial na minha carreira. Eu estou muito feliz, honrada de fazer parte deste projeto. Está tudo tão impressionante, as imagens estão lindas!


No início da história, a personagem é interpretada por Marcela Barrozo, cuja semelhança com Samara foi um facilitador para as duas atrizes montarem a trajetória de Diná com perfeição. Segundo Samara, elas conversaram sobre a construção do caráter e do drama de Diná e ouviram atentas às orientações de Alexandre Avancini, diretor-geral da minissérie.


 — Uma vantagem muito grande que a gente tem é de sermos muito parecidas. A gente chegou a bater papo no início e o Avec passou um pouco do que ele queria. Eu tinha perguntado para ela como foi construído o tom da personagem no início. E ficou tudo bem certinho. Eu admiro muito o trabalho da Marcela. Ela tem uma intensidade muito grande e parece um pouco comigo. Eu acredito muito no trabalho dela, porque ela é nova, mas tem uma carreira longa, já que trabalha desde pequenininha.


Apesar da gravidez, fruto do casamento com o jogador de basquete Leandrinho (juntos, eles já são pais de Alícia), Samara segue gravando cenas de Diná até depois do lançamento da trama.

 — Eu acho que eu gravo até o final de fevereiro. Estou me sentindo muito bem. Com as gravações, a gravidez está passando até mais rápido [risos].


quarta-feira, 28 de março de 2012

O Grande Amor da Minha Vida

Samara foi conferir a estreia da peça "O Grande Amor da Minha Vida" no Rio de Janeiro, na noite desta quarta-feira (28) no Teatro dos Quatro. A peça é estrelada por Giovanna Ewbank e Joaquim Lopes.


Samara e Paola Oliveira


Samara Felippo esteve na plateia e elogia a performance da dupla. "Nunca tinha visto a peça, achei incrível, me diverti muito”, disse ela que também tem se dedicado ao teatro. “Estou com a peça ‘Mulheres Alteradas’ e estou viajando com ela."